CHEGAR A CASA: a nova série da RTP que junta a produtora portuguesa SPi à espanhola CTV, em tempo de pandemia

chegaracasa-spi
2020-11-18

A RTP já iniciou as gravações da nova série de ficção, uma coprodução com a SPi e a produtora espanhola CTV, cujas rodagens decorrerão entre Arcos de Valdevez e Santiago de Compostela, até dezembro.

 

Esta nova série conta com Joana Seixas, como protagonista, assim como Rosa do CantoAnabela MoreiraRúben GomesRui MeloAlfredo BritoRodrigo Tomás Duarte Melo entre os principais papéis. Da parte Galega, conta nos principais papéis com os reconhecidos atores Miguel Ángel Blanco e Sara Casasnovas.

 

Para o diretor da RTP1, José Fragoso, "Chegar a Casa é mais uma coprodução da RTP e da SPi com uma produtora galega com uma larga história no audiovisual espanhol. A rodagem da série junta atores portugueses e espanhóis e equipas técnicas e de produção dos dois países. As gravações decorrem dos dois lados da fronteira e seguem todas as regras de prevenção da pandemia, demonstrando bem a capacidade e a resiliência da nossa produção audiovisual. A série vai estrear na RTP1 no segundo trimestre do ano e conhecerá seguramente uma circulação internacional relevante”.

 

Realizada por Sérgio Graciano e escrita pela dupla de argumentistas já galardoadas internacionalmente, Filipa Poppe e Joana Andrade, Chegar a Casa conta a história de uma mulher que regressa à sua terra natal, em Portugal, depois de uma vida de 15 anos em Santiago de Compostela, após o fracasso do seu casamento.

 

Segundo José Amaral, Managing Director da SPi, a concretização desta coprodução entre a SPi e a CTV, em tempo de pandemia, representa "A continuidade da nossa atividade numa época muito complicada para o setor audiovisual em termos de produção mas, por outro lado, um momento único em que o consumo de conteúdos atinge níveis históricos e onde a SPi dá seguimento à sua estratégia com esta série luso-galega, contando para tal com o valioso contributo da RTP”.



Descubra a galeria de imagens aqui